segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Slow down



Costumam dizer-me que sou uma pessoa segura, confiante, optimista e decidida. Apesar de gostar destas caracteristicas que simpaticamente me atribuem, sou forçada a discordar. A verdade é que sou como os outros. Igual, sem tirar nem pôr. Padeço da mesma ansiedade, insegurança e pessimismo. Tenho os meus dias, horas e momentos de indecisão. Não acredito nessa divisão tão linear das coisas. Para mim não existem pessoas ansiosas e não ansiosas. Existem pessoas que controlam magistralmente a sua ansiedade. Escutam a sua mente com atenção. Ouvem os passinhos rápidos e apressados da ansiedade. E, assim que sentem o seu bafo quente e adocicado perto do ouvido, sussurando alarme, desgraça e desânimo, fogem e afastam o seu pensamento para longe. Eu sou assim. Sou ansiosa. Este é um traço hereditário do meu carácter que combato estoicamente. Luto com firmeza contra a ansiedade. Uma das coisas que me traz serenidade e me faz sorrir alegremente pensando com optimismo nos problemas, é cozinhar. Refugio-me na minha cozinha e só volto quando já me acalmei. Este é uma dos meus truques habituais para afastar pessimismo, nervosismo e tristeza. Hoje para combater a ânsia fiz estes enrolados de maçã, noz e canela e esqueci completamente o fim-de-semana de chuva! Experimentem....




ENROLADOS DE MAÇÃ, NOZ E CANELA
Adaptado do Livro Cozinha para Quem quer Poupar de Mafalda Pinto Leite)
Tempo de preparação: 10 minutos + 90 minutos de fermentação + 30 minutos de cozedura
Serve: 6 a 8 pessoas;

  • 125 ml + 1 colher de sopa de leite morno;
  • 2 colheres de chá de fermento para pão (Tipo Fermipão);
  • 2 + 1 colheres de sopa de açúcar;
  • 1 ovo batido + 1 gema;
  • 250 gr de farinha sem fermento;
  • 60 gr de manteiga;
  • 200 gr de maçã;
  • 100 gr de noz;
  • 1 colher de chá de canela;
  • açucar em pó para polvilhar;
Modo de preparação:
  1. Numa tigela misture a farinha e o fermento. Com a batedeira eléctrica a trabalhar, adicione a manteiga e bata por 1 minuto. Junte 125 ml de leite, 2 colheres de sopa de açúcar e o ovo batido e bata durante cerca de 8 minutos, até se formar uma bola de macia e elástica. A massa não deve ficar pegajosa, por isso adicione mais farinha se achar necessário. Reserve tapado com papel aderente num local longe de correntes de ar, e deixe levedar por cerca de 45 minutos, ou até que duplique o seu tamanho.
  2. Entretanto, rale a maçã e a noz e misture com o restante açúcar e a canela. Reserve.
  3. Quando a massa tiver duplicado o seu tamanho, transfira para uma superfície limpa levemente enfarinhada e estenda com o formato de um rectângulo. Barre a massa com a mistura de maçã, noz e canela, e começando com a parte mais comprida, enrole formando uma espécie de tronco. Corte cerca de 12 fatias.
  4. Num tabuleiro forrado com papel vegetal, disponha as fatias encostadas. Entretanto misture a gema de ovo com o leite restante e pincele os enrolados. Deixe levedar mais 45 minutos, ou até duplicarem o seu tamanho.
  5. Leve ao forno a 180 C.º durante cerca de 30 minutos e sirva quente. Pode fazer na véspera e aquecer quando servir...e relaxe!

9 comentários:

  1. O meu truque é o mesmo! O que seria da minha ansiedade sem o tempo que passo na cozinha? Eu sei, seria explosiva. :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Filipa,
    Que Outono tão doce.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Bom dia,

    Ai que delicia... dava uma "trinca" mesmo agora..

    beijos

    ResponderEliminar
  4. Olá Filipa! Olha fiz as telha de amêndoa ontem e hoje elas continuam boas. Mas guardei metade numa caixa e outra metade noutra caixa diferente. Estão mais estaladiças as que ficaram mais bem vedadas!!

    Não é nada difícil, embora possa parecer. O truque é espalmar bem a colherada de massa que se põe no tabuleiro. Tem de ficar mesmo mesmo fininha.

    Um beijinho. Gosto do teu blog!

    ResponderEliminar
  5. Eu sou daquelas k não csg disfarçar a ansiedade... Sou demasiado impulsiva, bem tento controlar :)...
    Esses enrolados deixaram-me a babar.. adorei mesmo
    beijinhos

    ResponderEliminar
  6. e mesmo destas deliocias que precisamos para nos animar em dias em que as horas teimam em nao passar para chegar o fim de semana
    adorei estao lindos
    beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Que delícia!! Amo pães doces, ainda mais com uma ótima receita:)

    Beijos

    ResponderEliminar
  8. Filipa adorei o teu pão, deve ser fantástico
    beijinhos

    ResponderEliminar